A Butch Bakery é uma loja on-line que vende doces sem enfeites para o público masculino – mesmo que a maioria dos seus clientes seja mulheres – e espera abrir cinco lojas físicas em 2010

Se você conhece um cupcake, sabe como esses bolinhos de massa leve podem ser cheios de “frescuras” na decoração: granulado colorido, enfeites, cobertura. O negócio do americano David Arrick são os cupcakes, mas versões sem frescuras. São cupcakes, digamos, mais másculos.

Com essa ideia, o antes corretor abriu a Butch Bakery (Doceria Machona, em tradução livre), loja virtual que opera diretamente de Manhattan, Nova York. O conceito surgiu enquanto Arrick passava na frente de uma famosa loja desse tipo de bolinho. A fila na porta era imensa. “Eu tenho que entrar nessa onda”, pensou, para logo depois acrescentar, “mas onde está a doceria para meninos?”

Investiu US$ 25 mil para começar o negócio. Pediu a ajuda de consultores para criar uma forte presença on-line e de doceiros para criar suas receitas, que receberam sabores e nomes dignos de figurar no cardápio do Rambo ou do Chuck Norris: o “Driler”, com cobertura de ganache de chocolate e bacon; e o “Beer Run”, de cerveja de chocolate, com recheio de creme de cerveja e cobertura de minipretzels. Uma caixa sai por US$ 48, com 12 sabores, mais US$ 8 de taxa de entrega.

O empresário projeta faturar US$ 5 mil por mês, mas o mais irônico é que 90% das clientes da empresa são mulheres. “Eu classificaria esse mercado como ‘Presentes que você dá para um cara’”, afirma Arrick em entrevista para o site da revista Entrepreneur. O americano já tem um contrato para escrever um livro de receitas com 50 opções fáceis de preparar pelo público masculino e espera abrir lojas físicas em Chicago, Boston, Los Angeles, São Francisco e Miami em 2011.

Fonte: PEGN