Pela segunda vez, Sebrae no Paraná apoia o evento oficial do Fashion Rio e reforça a estratégia para consolidar o estado como produtor de moda

 

Quatro grifes participam do espaço Moda Paraná no Rio-à-Porter – Salão de Negócios de Moda e Design do Fashion Rio, que acontece de 29 de maio a 1º de junho, no Cais do Porto, no Rio de Janeiro. O evento oficial da semana de moda carioca vai reunir 250 expositores, que apresentam as novidades para o Verão 2011 em um grande showroom. As empresas Gôra e Lafort, de Curitiba; Perfect Way, de Maringá; e Richini, de Cianorte, vão expor o melhor da moda produzida no estado ao lado das principais grifes nacionais.

Pela segunda vez, o Sebrae no Paraná apoia o evento com o espaço que leva o nome do estado. A ação reforça a estratégia desenvolvida pela entidade para consolidar o Paraná como produtor de moda e referência de qualidade e estilo também no cenário nacional.

“A participação das quatro grifes no Rio-à-Porter, evento que reúne compradores de todo Brasil e internacionais, oportuniza a essas empresas acessar novos mercados e mostrar nosso potencial criativo e a moda produzida no Paraná. Além de novos negócios, elas ainda ganham visibilidade ao participarem do Rio-à-Porter, referência no universo da moda e negócios”, avalia a coordenadora do setor de Vestuário do Sebrae no Paraná, Carla Werkhauser.

Foco na gestão

De acordo com a coordenadora estadual, para preparar os proprietários de micro e pequenas empresas da cadeia produtiva do vestuário o Sebrae oferece soluções focadas em gestão, produção e design, com o objetivo de promover a competitividade às pequenas empresas e posicionar o Paraná como produtor de moda.

“As quatro grifes que participam do evento fazem parte de projetos setoriais do Sebrae no estado. O Rio-à-Porter é uma ação-chave que reforça o posicionamento de consolidar a Marca Paraná e o estado como referência na produção de moda”, explica Carla Werkhauser. “Para o Sebrae, o setor do vestuário é considerado estratégico pela alta concentração de micro e pequenas empresas e pela sua representatividade na economia paranaense”, complementa a coordenadora.

Segundo dados da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), em todo o estado existem 5,5 mil empresas ligadas ao setor do vestuário. Elas produzem anualmente cerca de 150 milhões de peças e geram faturamento de R$ 4 bilhões ao ano.

 

Fonte: PEGN e Sebrae