Na época do programa “Piores Clipes do Mundo”, Marcos Mion se orgulhava de apresentar o programa mais “trash” da televisão brasileira. Alguns anos mais tarde, por ironia do destino (ou não), o perfil no Twitter do atual Legendário foi eleito o pior da rede social pelo júri do 2º Troféu Vitor Fasano.

 

Willian Bonner (@realwbonner) e o apresentador Luciano Huck (@huckluciano), com dois votos cada.

O prêmio, que no ano passado só escolheu o melhor perfil fake, neste ano adicionou as categorias pior perfil de celebridade (masculino e feminino) e melhor personagem do Twitter. Há duas votações: uma do público e outra do júri.

A premiação contou, ao todo, com um júri formado por 30 nomes conhecidos na internet como @lapena (Hélio de La Peña, do Casseta e Planeta); @LeoJaime, cantor e ator; @MarceloTas, do CQC; @Rosana (Rosana Hermann) e @RonaldRios, da programa Badalhoca da MTV. Segundo a M… Corporation, que organizou o prêmio, foram computados 46 mil votos de internautas. Para ver todos os indicados e os outros membros do juri, clique aqui.

Veja abaixo os ganhadores:

Pior perfil de celebridade masculino
– Júri: @mionzera (Marcos Mion)

A votação foi apertada: no júri com 10 tuiteiros, três escolheram o apresentador. Concorriam ainda com ele

– Público: @ambrosioelieser (Eliéser, ex-BBB)

Pior perfil de celebridade feminino

– Júri: @pretamaria (Preta Gil)

– Público: @tes2alia (Tessália, ex-BBB)

Melhor Fake
– Júri: @oclebermachado (Fake do Cleber Machado)

– Público: @mussumalive (Fake do Mussum)

Melhor Personagem do Twitter

– Júri e público: @hugogloss

 

Fonte: uoltecnologia, gigablog